Dois homens tomaram veneno achando que era cachaça e morrem na Paraíba


Dois homens morreram e um está internado após beberem veneno ao confundir o líquido com cachaça na zona rural do Conde, cidade no Litoral Sul da Paraíba, na noite de quarta-feira (23). 

Segundo informações da Polícia Civil, os três homens, que são agricultores, beberam o veneno após um colega oferecer a bebida, que tinha cheiro e coloração semelhantes à cachaça.

Os quatro homens estava em uma área conhecida como Mata da Chica, após deixar o roçado. Por volta das 18h30, um dos agricultores, um idoso de 61 anos, identificado apenas como Sebastião, trouxe uma garrafa plástica com o que seria cachaça e ofereceu aos colegas. Três beberam o líquido e começaram a passar mal.

O trio foi socorrido por moradores da localidade, mas dois deles, Severino Moreira da Silva de 55 anos e José Edmilson da Silva de 47 anos, morreram a caminho do Hospital Municipal de Alhandra, cidade vizinha. O sobrevivente, Miguel dos Santos, 52 anos, foi transferido para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

Ainda de acordo com informações repassadas pela delegacia de Alhandra, onde o caso foi registrado, o idoso que levou o veneno chegou a tomar um gole, mas cuspiu porque lembrou ao amigos que tinha comido ovo cozido e de acordo com a crença popular, poderia fazer mal a ingestão dos dois.

O idoso responsável por entregar o líquido aos colegas prestou depoimento na delegacia e confirmou que não sabia que se tratava de veneno. A princípio, o veneno ingerido pelas vítimas é usado para afastar pragas nas plantações de cana-de-açúcar. O tipo do veneno deve ser determinado nos laudos cadavéricos solicitados pela polícia.

 O estado de saúde do internado não foi informado pelo Hospital de Trauma. A Polícia Civil segue investigando caso.

G1 PB
Share on Google Plus

Editor Odair Morais

Postado Por