Campinense e Treze iniciam “mata-mata” na Série D e pela primeira vez Maiorais podem subir juntos


O mata-mata da Série do Campeonato Brasileiro começa neste fim de semana com 32 times sonhando com o acesso. E a Paraíba está na disputa e com chances reais do acesso a Série C de 2019.  Dos 68 clubes que, em 22 de abril, deram início à disputa da Série D, apenas 32 seguem no páreo em busca do acesso para a Terceira Divisão do Brasileiro.
Campinense e Treze juntos, somaram 28 pontos, o que representa 77,77% dos 36 possíveis. E ambos ainda estão invictos. O Campinense esteve no Grupo A8 e somou cinco vitórias e um empate nos seis jogos da primeira fase, somando 16 pontos e terminando como líder de sua chave, para enfrentar o Itabaiana na próxima fase. A Raposa vez a terceira melhor campanha da primeira fase da competição, ficando apenas atrás do Caxias(RS), e do São José.

Já o Treze conseguiu três vitórias e três empates, somando 12 pontos e terminando na primeira colocação do Grupo A9, avançando para pegar o URT no mata-mata.
Campinense e Treze juntos, somaram 28 pontos, o que representa 77,77% dos 36 possíveis. E ambos ainda estão invictos. O Campinense esteve no Grupo A8 e somou cinco vitórias e um empate nos seis jogos da primeira fase, somando 16 pontos e terminando como líder de sua chave, para enfrentar o Itabaiana na próxima fase. A Raposa vez a terceira melhor campanha da primeira fase da competição, ficando apenas atrás do Caxias(RS), e do São José.
Pelo chaveamento definido pela CBF, os Maiorais podem subir juntos para a Série C de 2019. Isso porque, caso se classifiquem para a terceira fase, a Raposa encararia o vencedor do confronto entre Sergipe e Brasiliense, enquanto o Galo pegaria o vencedor de Iporá de Goiás e Novoperário do Mato Grosso do Sul.
Como as duas equipes terminaram a primeira fase da competição nacional na primeira colocação dos seus grupos, tem a vantagem de jogar por dois empates e decidir a classificação em casa.
E a primeira batalha da Raposa será um duelo de nordestinos. O Rubro-Negro de Campina Grande protagonizou uma das melhores campanhas da fase de grupos, vencendo cinco partidas e empatado uma única vez. Uma campanha irretocável e um aproveitamento de 88,9% que encheu de moral o elenco do técnico Ruy Scarpino no Grupo A8.
Os jogos de ida acontecem neste domingo, às 16h. no Estádio Etelvino Mendonça, interior sergipano.
O Campinense já sonha há quatro anos com o acesso, mas frustrou sua torcida na fase de mata a mata. Um dos traumas é a disputa por pênaltis, na qual foi eliminado em 2014 (para o Operário-PR) e em 2016 (para o Itabaiana). No ano passado foi eliminado pelo Fluminense de Feira de Santana.
 O técnico Ruy Scarpino tem um elenco homogêneo, onde se destacam o goleiro Jéferson (melhor do último paraibano), o meia Marcinho (aquele mesmo, ex- e o atacante Rodrigo Silva.
O jogo de  volta vai ser em Campina Grande, no Estádio Amigão.
Já o Treze viaja para mais longe. O Galo vai até Patos de Minas, interior de Minas Gerais, para encarar a equipe da URT. Mais de 2.000 km de distância separam Patos de Minas, em Minas Gerais, de Campina Grande na Paraíba.
 Os jogos da volta serão no fim de semana seguinte, com o Alvinegro jogando no sábado no Estádio Presidente Vargas e o Rubro-Negro atuando no domingo, no Estádio Amigão.
Porém, nos dois próximos fins de semana, URT e Treze vão se enfrentar em busca de um lugar nas oitavas de final da Série D. O Galo da Borborema, por sinal, faz grande campanha até aqui. Isso porque, em seis jogos disputados, o Alvinegro venceu três vezes e empatou outras três, garantindo a liderança e a invencibilidade do Grupo A9.
Dentro de campo, o técnico Flávio Araújo, que é o atual campeão da Série C pelo CSA, tem a missão de recolocar o Treze na terceira divisão e, para isso, conta com um nome de peso. O experiente Marcelinho Paraíba está de volta a equipe após resolver os problemas na justiça devido ao não pagamento de pensão alimentícia, mas só deve entrar em campo no de volta.
Para o confronto contra o Galo, o técnico Rodrigo Santana conta com retornos importantes, como os do volante Jô e do atacante Tony.
URT e Treze começam a decidir uma vaga neste domingo, quando se enfrentam no Estádio Zama Maciel. A volta, em Campina Grande, acontece no próximo sábado.
Caso avance de fase, Galo e Raposa podem se enfrentar na grande final da Série D, em dois duelos que se acontecer, serão históricos e inesquecíveis para a torcida dos Maiorias. Na Paraíba, apenas o Botafogo, conquistou a Série D. Agora Campinense, campeão do Nordeste em 2013, e Treze, sonham em levantar a taça de campeão.

Severino Lopes
PB Agora
Share on Google Plus

Editor GILSON FILMAGENS

Postado Por