• Manchetes

    Governo da PB notifica 43 servidores por acumulação de cargos: ex-vereador é citado

    O Diário Oficial do Estado da Paraíba publicou na edição desta sexta-feira, 22, uma série de notificações emitidas pela Comissão Estadual de Acumulação de Cargos (Ceac) para 43 servidores públicos do governo da Paraíba identificados com acumulação de cargos. Sósthenis Manacés Santos, presidente da Ceac, informou nas notificações que os convocados têm que apresentar justificativa ou optar pelo vínculo legalmente permitido.
    Na lista, aparecem Manoel Galdino da Costa, que tem seis vínculos no serviço público, além de Napoleão Bezerra Costa (6), e ainda Aluísio Paredes Moreira (5), Luiz Xavier de Andrade (5), José Sarmento de Oliveira (5) e Gilberto Cavacante de Farias (5).
    Também foram convocadas figuras públicas como o ex-vereador Napoleão de Farias Maracajá (PCdoB), que atua como professor da educação básica na prefeitura de Campina Grande e na Secretaria de estado da Agricultura Familiar do Semiárido.
    Em contato com o ParlamentoPB, Napoleão Maracajá disse que sua citação é equivocada: “Quando os adversários não tem nada contra uma pessoa, eles se utilizam de mentiras. Faz eu ano que a Justiça me deu ganho de causa! Além disso, desde de abril renunciei ao cargo de assessor parlamentar na Agricultura, pois sou pré-candidato a deputado estadual. Hoje, tenho dois cargos, a saber: professor efetivo da rede municipal e professor efetivo da rede estadual, por concurso público”. Maracajá fez, ainda, uma ressalva: “Enquanto fui assessor parlamentar da Agricultura, nunca recebi como Professor, portanto, nunca houve acúmulo de cargos, muito menos de salários”.