• Manchetes

    Prefeito de Malta emite Nota sobre pedido do MPF

    Acerca da ação de improbidade administrativa proposta na Justiça Federal contra Nael Rosa, tem-se a esclarecer que, embora respeite a propositura do Ministério Público Federal, com ela não concorda. O gestor de Malta entende que a ação é equivocada e informa que apresentará, oportunamente sua defesa, momento em que demonstrará a ausência de ato de improbidade administrativa.
    A ação proposta não observou diversos aspectos importantes, como o fato de que as licitações seguiram toda a tramitação legal com parecer técnico atestando sua correção, sem a existência de impugnação por qualquer empresa seja ela de Patos ou mesmo de outro Estado. E mais, está comprovado que as únicas três obras referidas na ação já estão totalmente concluídas, inclusive, com prestação de contas aprovadas pelos órgãos de controle federal, demonstrando a inexistência de desvio de recursos federais ou mesmo danos ao erário local.
    O Prefeito Nael Rosa tem uma história na Paraíba, empresário bem-sucedido, afastou-se de suas empresas para se dedicar ao município, prefeito por dois mandatos, reconhecido pelo seu trabalho, transformou o município de Malta em um canteiro de obras, teve todas as suas prestações de contas aprovadas e não mancharia seu nome e sua história por nada, muito menos por três obras dentro de um universo de mais de cem outras edificações no município.
    Por fim, o Prefeito de Malta reitera sua confiança e tem a absoluta convicção de que a ação, em seu final, não será aceita quando da apreciação pelas Instâncias da Justiça Federal, sobretudo diante dos Precedentes oriundos do Egrégio TRF 5ª Região, além do Colendo STJ. Malta, 29 de junho de 2018.

    Assessoria