TRE-PB suspende fundo partidário do PPS

O Tribunal Regional Eleitoral desaprovou a prestação de contas do Partido Popular Socialista (PPS). O julgamento aconteceu durante sessão realizada nessa quinta-feira (28) quando foi determinada a suspensão do fundo partidário da legenda por quatro meses.
A prestação de contas desaprovada foi referente ao ano de 2015. O juiz Paulo Wanderley Câmara foi o relator do processo. Na Paraíba, o PPS é comandado por Nonato Bandeira.
MaisPB
Share on Google Plus

Editor GILSON FILMAGENS

Postado Por