Após despacho de Moro, desembargador do TRF-4 volta a determinar que Lula seja solto

Mais cedo, Rogério Favreto, que é plantonista, determinou liberdade a Lula. Em despacho, Moro disse que o desembargador não tem competência para mandar soltar o ex-presidente.

O desembargador federal Rogério Fraveto, plantonista do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRf-4), com sede em Porto Alegre, reiterou a decisão de mandar soltar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso desde abril deste ano em Curitiba. que também foram rejeitados.

"Registro ainda, que sem adentrar na funcionalidade interna da Polícia Federal, o cumprimento do Alvará de Soltura não requer maiores dificuldades e deve ser efetivado por qualquer agente federal que estiver na atividade plantonista, não havendo necessidade da presença de Delegado local", diz o novo despacho.
Mais cedo, neste domingo (8), o desembargador decidiu conceder liberdade a Lula. Lula foi condenado no processo do triplex, no âmbito da Operação Lava Jato, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.


Por G1 RS

Share on Google Plus

Editor GILSON FILMAGENS

Postado Por