• Manchetes

    Ex-policial, suspeito de participar de duplo homicídio, é solto


    O ex-policial militar, Arcádio Queiroz de Medeiros, conhecido por Kada, suspeito de ser um dos autores intelectuais do duplo homicídio que vitimou o casal, Guilherme Alves do Nascimento, 52 anos, e Tayza Kelly Lopes de Morais, 27 anos, fato ocorrido no dia 07 de janeiro de 2018 na BR-230, entre as cidades de Santa Luzia e São Mamede, foi solto no dia de ontem (04 de julho de 2018).

    Segundo o advogado do suspeito, Gustavo Nunes de Aquino, Arcádio não podia mais permanecer preso, haja vista que a custódia era temporária. “Terminado o prazo da prisão temporária, o preso deve ser solto imediatamente. Com base nisso, demonstramos a Justiça que a prisão não podia mais se prolongar no tempo, devendo Arcádio ser solto. E foi o que aconteceu”, pontuou o advogado.

    Kada havia sido preso em maio de 2018, em uma ação conjunto entre as polícias civil de Patos e Santa Luzia, em São José de Espinharas, quando transitava pelas ruas da cidade.

    Quando foi preso, em contato com a imprensa patoense, Arcádio se disse inocente, que vai provar que não tem qualquer participação no duplo assassinato.



    Patosonline.com