• Manchetes

    Sem partido aliado, PDT aposta apenas na indefinição de legendas para tentar escalar ‘time’ de Lígia

    Apesar de ter lançado a pré-candidatura de Lígia Feliciano (PDT) ao Governo da Paraíba, o PDT ainda não conta com nenhum partido para respaldar a sigla na disputa pela sucessão estadual na Paraíba.

    Enquanto o dia 5 de agosto não chega, o partido da família Feliciano aposta na paquera com os indecisos. Segundo Lígia, ainda há muitas siglas que não se definiram e até o prazo final podem optar por outra via, que não sejam as já postas.
     “Nós estamos conversando com vários partidos.  Estamos conversando com o PT com outras siglas. Tem muita gente que ainda não se definiu completamente, a política é o diálogo, nós estamos dialogando e espero que até o dia 05 de agosto o time esteja formado completamente. Estamos em diálogo, escalando”, disse a vice.
    Nos bastidores PSB e PDT iniciaram uma reconciliação. O deputado estadual Adriano Galdino (PSB) chegou a sugerir que Lígia fosse novamente alçada a vice na chapa do PSB, que tem agora João Azevêdo (PSB) como pré-candidato a governador.

    PB Agora