Achada amarrada, mulher denuncia estupro coletivo, na Paraíba

Uma suspeita de estupro coletivo, com tentativa de assassinato, vai ser investigada pela polícia. O caso foi descoberto nesta terça-feira (29) após a Polícia Militar localizar uma jovem amarrada dentro de uma casa no bairro do Colinas do Sul, Zona Sul da Capital.


Em entrevista à repórter Jaceline Marques, da TV Correio, a vítima relatou que conhece todos os suspeitos e contou que estava com eles e outras duas meninas, quando um dos homens levou ela e outra jovem para um barraco, onde as dopou e, junto com suspeitos, as estuprou.

“A gente estava dentro de uma casa, todo mundo usando droga. Eles queriam ficar com a gente só que a gente não quis, então eles nos doparam. Acordei sem calcinha, tinha mais de dez homens e eu sei que eles me estupraram”, contou a vítima.

Após o suposto estupro, a mulher contou que foi amarrada, junto comas as outras duas mulheres, e ameaçada de morte.

O crime só não foi concretizado porque os policiais conseguiram chegar ao local onde as vítimas estavam. Os suspeitos conseguiram fugir antes da chegada dos policiais. A vítima será levada para exames que irão comprovar se houve estupro coletivo.


Fonte: Portal Correio