No sertão: Suspeito de matar cadela a facadas se apresenta e alega esquizofrenia

Se apresentou à Polícia Civil o homem suspeito de assassinar uma cadela de estimação a facadas, em crime que aconteceu no domingo (6), no município de Catolé do Rocha, Sertão paraibano, a 414 quilômetros de João Pessoa. O homem alegou sofrer de esquizofrenia.



O suspeito, que alegou sofrer de esquizofrenia, justificou o ataque ao animal porque a cadela o teria mordido no rosto.

“O advogado alegou que o suspeito sofre de esquizofrenia e que esfaqueou a cadela após ter sido mordido no rosto. 

Mesmo ele alegando a esquizofrenia, esperamos terminar o procedimento policial e vamos encaminhá-lo até o fórum, onde o magistrado ou magistrada a vai resolver a questão da punição”, disse o delegado Sylvio Rabello.


Fonte: Portal Correio
Share on Google Plus

Editor Odair Morais

Postado Por