Jovem diz que foi a cinco Unidades de Saúde de Patos para tirar os pontos de uma extração dentária e não conseguiu atendimento em nenhuma

Saiba mais www.patostv.com -  A jovem Luana de Lima Pereira, de 22 anos, residente no Monte Castelo, em Patos, está denunciando que está fazendo 8 dias que fez uma extração de dente e nesta terça-feira, 08, se dirigiu a cinco unidades de saúde para tirar os pontos e todos estavam interditados. Ele está revoltada. “Prefeito, tome uma providencia na saúde de Patos,  principalmente nos bairros carentes. Isso é uma pouca vergonha. Quem sofre é a população que precisa de atendimento e os serviços em Patos estão uma verdadeira calamidade. A gente chega num postinho e fica sem atendimento, pois não tem médico, não tem material de trabalho, é revoltante”, disse ela.
Luana disse que antes a população do Monte Castelo e do Jatobá dispunha do Maria Marques, que hoje não está funcionando a contento, com muitas deficiências. “Para um simples procedimento de tirar os pontos eu fui na  USF Metódio  Araújo Leitão, no Maria  Marques, no Geraldo Carvalho, na Osman Aires e no Aderban Martins e nenhum pôde me atender e me disseram que estavam interditados. Só consegui tirar os pontos na Universidade Federal de Campina Grande, a quem agradeço a atenção. Está complicada a saúde de Patos. Também estou aguardando há um ano por uma cirurgia no tornozelo esquerdo, minha mãe tenta essa cirurgia na saúde pública e nunca consegue. É lamentável a população carente sofrer tanto com a saúde pública de Patos”, finalizou.
A Folha Patoense entrou em contato com a assessoria da Secretaria de Saúde de Patos, que informou que vai averiguar a situação vivenciada pela jovem Luana de Lima e dará uma resposta sobre o caso.
Folha Patoense 
Share on Google Plus

Editor patostv.com

Postado Por