O Diário Oficial do Estado da Paraíba trouxe, nesta quinta-feira (24), a demissão de cinco agentes penitenciários acusados de homicídio qualificado

Saiba mais www.patostv.com -  Denis Pereira Januário, Emmanuel Nunes de Oliveira, Estenio da  Nóbrega Dantas, Fábio Miguel Lopes e Wigner Leite dos Anjos foram presos em 2012, Operação Hidra, que desvendou um esquema de facilitação da saída de presos e entrada de drogas em presídios de Patos e Sousa e nas cadeias públicas de São Bento e São José do Egito, Pernambuco.



Na época, o coronel José Almeida Rosas, então comandante do policiamento da região metropolitana do Sertão da Paraíba, disse que os agentes facilitavam a saída de presos até para cometer homicídios, tanto na Paraíba como em Pernambuco. Nas investigações, policiais filmaram os agentes penitenciários escoltando presos para praticarem os assassinatos.

A operação foi batizada de Hidra que era um animal da mitologia grega com várias cabeças de serpente, sendo uma delas imortal e corpo de dragão e, como a criminalidade oriunda dos presídios tinham várias cabeças recebeu esse nome.

Com Portal Correio

Postar um comentário

0 Comentários