João Azevêdo recebe ministro do Governo Bolsonaro, na Granja Santa


O governador João Azevedo (PSB) recebeu, na tarde desta quinta-feira (07), na Granja Santana, o ministro do Desenvolvimento Regional do Governo Federal, Gustavo Canuto. 
Durante o encontro, Azevêdo e Canuto discutiram a operacionalização do Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF) e o fortalecimento da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).
A audiência aconteceu no final da tarde e contou com a participação do secretário nacional de Segurança Hídrica, Marcelo Borges; o secretário da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente, Deusdete Queiroga; o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Waldson Souza; e o deputado federal Wilson Santiago.
Na oportunidade, segundo a assessoria informou depois do evento, o governador João Azevêdo informou ao ministro que a Paraíba sediará, nos próximos dias, um encontro com gestores dos Estados de Pernambuco, do Rio Grande do Norte e do Ceará para discutir, dentre outros temas, o custeio da distribuição das águas do Rio São Francisco.
“Cada Estado tem uma situação diferente. Pernambuco e Paraíba já receberam água, o Ceará vai receber em poucos dias e o Rio Grande do Norte ainda não recebeu; equacionar essa situação, que é diferente para cada Estado, é o que essa reunião permitirá. Os quatros governadores, os secretários de Recursos Hídricos e os dirigentes das Agências Executivas de Gestões das Águas devem encontrar esse caminho e levar a proposta para o Governo Federal”, explicou.
O ministro Gustavo Canuto elogiou a iniciativa dos governadores e convidou o chefe do Executivo estadual para participar de uma Câmara de Conciliação que terá a finalidade de discutir a manutenção do PISF. “A intenção é de que exista um ambiente controlado para que a gente possa colocar na mesa todos os questionamentos referentes à operação e manutenção do PISF. Dessa forma, nós vamos poder chegar, no menor tempo possível, num contrato que seja bom tanto para o Governo Federal  quanto para os governos estaduais”, afirmou.
Na ocasião, o ministro também apresentou ao gestor da Paraíba a proposta de fortalecer a Sudene, por meio da participação efetiva dos governadores. “Se os Conselhos Deliberativos tiverem uma participação ativa dos governadores e uma pauta de relevância em que eles possam, de fato, decidir a estratégia do desenvolvimento regional, acreditamos que isso vai fortalecer a Sudene, oferecendo um protagonismo maior ao órgão, tanto na natureza, quanto no volume de investimentos”, pontuou.
Wallison Bezerra – MaisPB 
Share on Google Plus

Editor patostv.com

Postado Por