Vídeo: Volante do Esporte de Patos é suspenso por 180 dias pelo STJD

O Esporte de Patos entrou em campo contra o Treze, nesse domingo, com alguns desfalques. 

Dentro e, principalmente, fora de campo. Na última sexta-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou o volante Otávio, o treinador Marcos Nascimento e o preparador de goleiros Alexandre Laguzza, pelas expulsões no jogo contra o Botafogo-PB, ainda na segunda rodada do Campeonato Paraibano. 

Quem se deu pior foi o atleta, multado em 180 dias longe dos gramados. 

Marcos Nascimento, ainda na função de gerente do clube naquele jogo, foi suspenso por dois jogos. Por último, Alexandre Laguzza pegou gancho de cinco partidas. 

Além da punição individual de cada representante citado na súmula, também foi decretado que o clube pagasse o valor de R$ 100,00.

A punição de Otávio se deu pela denúncia do árbitro da partida, o sergipano Fábio Augusto de Sá. Na súmula, o juiz descreveu que o jogador, que estava no banco de reservas, adentrou o campo e lhe deu um soco pelas costas, na altura do ombro. 

O protesto do clube no referido duelo começou após o gol da vitória botafoguense, marcado por Nando, ainda no primeiro tempo. 

Antes do atleta balançar as redes, o time alvirrubro ficou na bronca na origem da jogada, acusando uma suposta falta do lateral-esquerdo Fábio Alves.

Otávio esteve em campo em apenas dois jogos do estadual. Contra o Serrano, após cumprir suspensão por essa expulsão, entrou no decorrer da partida. 

No jogo posterior, substituiu o volante Marcílio e foi titular no clássico contra o Nacional de Patos, atuando nos 90 minutos contra o arquirrival.


Fonte: GE
Share on Google Plus

Editor Odair Morais

Postado Por