Comissão de Saúde da AL realizará visita a hospitais de Patos dia 20 de maio


Patos será o primeiro município do Estado que será visitado pela Comissão Itinerante de Saúde, Saneamento, Assistência Social, Segurança Alimentar e Nutricional da Assembleia Legislativa, no próximo dia 20 de maio. Na cidade, os deputados irão inspecionar hospitais e verificar, de perto, o trabalho desenvolvido na 6º Regional de Saúde. O requerimento, de autoria do deputado Dr. Érico (Cidadania), presidente da Comissão de Saúde, foi aprovado nesta quinta-feira (9).
De acordo com Dr. Érico, a iniciativa é levar a comissão para além dos muros da Assembleia Legislativa. “E para que possamos, também, visitar in loco as unidades de saúde do nosso Estado e, assim, podermos debater, com maior conhecimento, a situação real da saúde. É dessa forma que podemos construir projetos que venham a melhorar a saúde pública do nosso estado”, justificou o parlamentar.
Após visitar os hospitais, a Comissão Itinerante irá se reunir, às 17h, na Câmara Municipal de Patos. Deverão integrar a delegação, além do Dr. Érico, os deputados Cabo Gilberto (PSL), atual vice-presidente da comissão, e Wilson Filho (PTB), entre outros parlamentares.
Dez projetos apreciados
Além de aprovar o requerimento, a Comissão apreciou dez Projetos de Lei, dos quais nove foram aprovados e um, retirado de pauta para melhor apreciação. Entre os projetos aprovados, estão o que cria a política de diagnóstico e tratamento da Síndrome da Depressão nas redes públicas de saúde do Estado da Paraíba e o que obriga as unidades da rede pública de saúde do Estado que ofereçam acomodações separadas para as mães de natimorto e/ou mães com óbito fetal.
“É, de fato, muito constrangedor para uma mãe, cujo filho nasceu morto e está passando por uma situação delicada de tristeza, dividir o mesmo espaço com outras mães, que vivenciam a alegria do nascimento do filho. Eu trabalhei na maternidade Dr. Peregrino Filho, onde essa divisão já faz parte da rotina da maternidade, e louvo a iniciativa desse projeto (de autoria do deputado Ricardo Barbosa) por uma questão humanitária para com aquelas que, infelizmente, perderam seus filhos em um momento que deveria ser somente de alegria”, comentou Dr. Érico. 
A comissão também aprovou o Projeto de lei que estabelece o prazo máximo de 30 dias para a realização de exames de pessoas com neoplasia maligna (câncer) nas unidades do Sistema Único de Saúde do Estado.


Share on Google Plus

Editor patostv.com

Postado Por