Servidores de Patos deliberam paralisação dia 9 e greve geral a partir do dia 14 de outubro - VIDEOS E FOTOS

Em assembleia geral extraordinária realizada na tarde de sexta feira, dia 4 de outubro de 2019, no Auditório da Associação Comercial de Patos, os servidores públicos municipais de Patos deliberaram uma paralisação para a próxima quarta feira, dia 9 e greve geral a partir do dia 14 de outubro de 2019, em virtude dos ataques sofridos pelas 70 categorias por parte do vereador e Prefeito Interino de Patos, Ivanes Lacerda.
Os servidores pelo 7° mês consecutivo recebem seus salários atrasados, chegando a receber o mês de agosto no dia 11 de setembro e o salário do mês de setembro sem previsão de pagamento e como se não bastasse o gestor Interino, não entrega o EPI- Equipamentos de Proteção Individual, reduziu gratificações asseguradas por leis municipais desde o ano de 2014 e 2015, reduziu o percentual do adicional noturno de 25% para 20%, infringindo o PCCS dos servidores da saúde e do Estatuto do Servidor, além de colocar faltas e descontar de servidores que estavam de férias, de forma indevida.
A prefeitura sequer pagou o magistério público municipal, apesar de ter recebido mais de dois milhões do FUNDEB.

A Prefeitura se nega a implantar a insalubridade dos servidores que entraram ultimamente através do concurso público e dos músicos que foram entregues os requerimentos através de laudo feito pelo engenheiro de segurança do trabalho.
Tocador de vídeoA Prefeitura se nega a implantar a insalubridade dos servidores que entraram ultimamente através do concurso público e dos músicos que foram entregues os requerimentos através de laudo feito pelo engenheiro de segurança do trabalho.
Outra irregularidade se constata nos pontos eletrônicos onde não existe manutenção e estão com defeitos, não registrando corretamente a entrada e saída dos servidores em seus locais de trabalho, onde será denunciado a situação ao Ministério Público Federal.
As progressões horizontais e verticais de 640 servidores da saúde, não foram implantadas, a isonomia salarial desrespeitada e as péssimas condições de trabalho, onde sequer tem material de limpeza para fazer a higiene nos locais de trabalho.
Para a presidente do SINFEMP, Carminha Soares, a situação dos servidores é extremamente difícil, pois os salários atrasados impedem os mesmos de continuarem trabalhando, pois esse salário é pura verba alimentar.  Veja VÍDEO:    
                      
Carminha ainda destacou que a entidade já solicitou audiência ao Prefeito Interino de Patos, Ivanes Lacerda, mas o mesmo não marcou a data e com isso dificulta a resolução dos graves problemas que afligem os mais de dois mil servidores efetivos.” A situação tem piorado, pois o atraso de pagamento está chegando a outras categorias de servidores, a exemplo dos professores e auxiliares de serviços que recebem pelo FUNDEB”, disse a mesma.
O sindicalista José Gonçalves, vice presidente do SINFEMP, disse que os recursos do PMAQ chegaram, como também o incentivo adicional dos agentes de saúde e de endemias ( 14° salário ), e a Secretaria Municipal de Saúde não confirmou o dia de pagamento.” a situação piorou com a entrada do vereador Ivanes Lacerda, como prefeito interino, pois tudo piorou e mesmo assim a gestão continua inchando a máquina administrativa com contratações de servidores sem concurso público, pois se precisa deveria chamar imediatamente os aprovados e classificados no concurso que estão na luta pela sua convocação. VEJA VÍDEO:
                 
O SINFEMP recolherá na segunda feira, dia 7 de outubro, no horário das 08:00 as 17:00 horas, na Sede do entidade, cópias dos contracheques dos meses de agosto e setembro, como também cópia da carteira de sindicalizado para acionar a Prefeita na justiça, no sentido de repor o que foi retirado indevidamente das gratificações e demais verbas asseguradas por lei.
No dia 11 as 15:00 horas, será realizada nova assembleia de todos os servidores para fazer uma avaliação do trabalho durante a semana e ao mesmo tempo, definir os últimos preparativos para o início da greve geral a partir do dia 14 de outubro em Patos.Use as setas para cima ou para baixo p
sinfemp.com.br
Share on Google Plus

Editor patostv.com

Postado Por