Vídeo: PM mata namorada com tiro durante sequestro em universidade no RJ

Saiba mais www.patostv.com - Um policial militar assassinou a namorada com um tiro na boca, nesta sexta-feira (27), após mantê-la refém dentro de um carro, no estacionamento do campus do Centro Universitário de Valença, no Sul do Rio de Janeiro. O sequestro durou cerca de duas horas e meia.

O cabo Janitom Celso Rosa Amorim, de 39 anos, foi imobilizado por policiais logo após o disparo. Ele foi algemado e levado em um carro da polícia para a delegacia da cidade. O PM fazia parte do no 37º Batalhão, em Resende, e atuava em Itatiaia.

Por ser policial militar, ele será transferido ainda nesta sexta-feira para o Batalhão Especial da corporação, que fica em Benfica, no Rio de Janeiro.

O sequestro começou por volta das 10h30. Segundo a universidade, equipes de segurança viram os dois discutindo dentro do carro e, ao notar que o homem estava armado, chamaram a polícia. A tentativa de negociação contou com policiais civis e militares.

"Teve um momento em que um helicóptero sobrevoou a faculdade e imaginamos que seriam os negociadores do Bope. Mas, de repente, ele abriu a porta do carro, desferindo um tiro contra a vítima. Não teve reação, nem nada. Simplesmente, ele botou a arma sobre o carro e aceitou a rendição", descreveu o delegado Carlos Cesar Santos.

Em nota, a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informou que os policiais seguiram os protocolos das ocorrências com refém. Disse ainda que o assassino responderá pelo crime nas esferas civil e militar, que repudia "com veemência" a atitude do policial e se solidariza com a família da vítima.

Fonte: G1







Postar um comentário

0 Comentários