Mais um suspeito se apresenta na delegacia com seu advogado; assassinato do ex-prefeito pode ter ligação com dívidas

Saiba mais www.patostv.com - Jean que trabalhou como servidor na campanha de Ricardo Pereira, sobrinho de Expedito será ouvido ainda nesta terça-feira (15), Jean foi a pessoa que pegou a moto emprestada com o dono que foi ouvido e liberado em seguida.

Após ter pego o veículo, Jean teria emprestado a Moto para uma terceira pessoa, que de acordo com informações exclusivas obtidas pelo Polêmica Paraíba, é o rapaz que foi preso na noite do sábado (12), pelo crime de estelionato e já tinha mandado em aberto desde 2016. No entanto, ele é investigado, pois também confessou que usou o veículo.

Jean teria dito que quem deve ter matado o ex-prefeito de Bayeux, Expedito Pereira foi o rapaz que pegou a moto emprestada dizendo que iria fazer umas “cobranças”; dando a entender que a morte de Expedito está ligada com dívidas.

No total até o momento são 4 pessoas envolvidas no caso, dois deles trabalhavam com Ricardo Pereira, sobrinho de Expedito que também já foi ouvido, Ricardo se manteve calado o tempo todo. O motivo, segundo seu advogado Júnior Moura,  foi orientação da própria defesa. Eles ainda não tiveram acesso ao que já foi apurado pela investigação, nem aos depoimentos colhidos pelo delegado do caso.

A defesa de Jean, no nome de Dr. Daniel Alisson, também irá o orientar a permanecer calado.

Fonte: Polemica Paraíba

Postar um comentário

0 Comentários