Manchetes

João Azevêdo lança Agenda 2022 e publicação homenageia o artesanato paraibano



O governador João Azevêdo lançou, nesta sexta-feira (3), em solenidade realizada no Museu do Artesanato Paraibano, em João Pessoa, a Agenda 2022. Com o tema "Paraíba - Um Estado do Artesanato", a publicação institucional promoverá ainda mais a divulgação do artesanato paraibano no Brasil e em diversos países, já que terá como principal meio de distribuição as visitas institucionais recebidas pelo Chefe do Executivo estadual. 

Desenvolvida por meio de uma parceria entre o Programa do Artesanato Paraibano (PAP) e a Empresa Paraibana de Comunicação (EPC), a agenda 2022 homenageia 52 artesãos e artesãs, distribuídos nas mais diversas tipologias, iniciando por fibras (mês de janeiro) e terminando por batik e crochê (mês de dezembro). 

O governador João Azevêdo destacou que o lançamento da Agenda 2022 vem se somar às ações do Governo do Estado na valorização do artesanato paraibano. "Essa tem sido uma rotina de todo ano A União promover a publicação da agenda do ano seguinte. E, a cada ano, tem sido escolhido um tema para ser homenageado. Este ano, são 52 artesãos e artesãs os homenageados na publicação. Isso é mais uma ação que demonstra o nosso interesse na valorização do artesanato na Paraíba. Queremos que o artesanato seja divulgado em todos os meios possíveis, como nesta agenda, que será manuseada por todo mundo", disse, lembrando a importância do artesanato como segmento econômico. 

A presidente de Honra do PAP e primeira-dama do Estado, Ana Maria Lins, afirmou que o lançamento da agenda fortalece o cumprimento pelo Governo do Estado de uma das principais reivindicações dos artesãos, a divulgação. "Nos nossos contatos iniciais, uma das reivindicações dos artesãos e artesãs paraibanos era justamente a divulgação, que tem recebido todos os esforços do Governo do Estado neste sentido, gerando resultados que têm nos deixado muito felizes. E essa agenda, que enaltece o artesanato paraibano e que seja um marco de esperança em 2022, vem se somar a esse compromisso assumido por todos nós para divulgar ainda mais essa cultura", comentou. 

Por sua vez, a presidente da EPC, Naná Garcez ressaltou que, ao chegar à quarta edição, a Agenda consolida um processo de valorização da cultura paraibana. "Nós valorizamos os talentos, a cultura, os saberes paraibanos. E colocamos, no caso da Agenda, em evidência o artesanato, porque ele gera renda, mantém tradições", destacou, lembrando os segmentos culturais já homenageadas pela publicação institucional: a Poesia, em sua primeira edição (2019); as Artes, em 2020; e a Música, neste ano. 

A gestora do PAP, Marielza Rodriguez, disse que, além da divulgação, os 52 artesãos e artesãs homenageados na Agenda 2022 recebem o reconhecimento do Governo do Estado. "Além disso, as pessoas que são homenageadas nesta publicação não estão lá por serem apenas artesãs e artesãos. Elas receberam essa homenagem pela liderança com a qual exercem seu ofício, pela luta diária na preservação desta cultura que nos enche de orgulho, que é o artesanato paraibano. São mestres que preservam o artesanato ensinando, passando o saber de geração em geração", destacou.

A deputada estadual Pollyanna Dutra, que representou a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), ao lado dos colegas parlamentares Branco Mendes e João Gonçalves, enalteceu as ações do Governo do Estado no fortalecimento da cultura. "Quero, com todas as honras do Poder Legislativo, cumprimentar o governador João Azevêdo por ter essa sensibilidade, por entender que a Paraíba precisa de história, precisa de cultura, precisa da arte", comentou, ressaltando diversas ações do Governo do Estado, a exemplo da criação do Centro de Referência do Artesanato e da Renda Renascença (Crença), em Monteiro.

A solenidade de lançamento da Agenda 2022 foi prestigiada por diversos segmentos da sociedade paraibana, como artistas, professores e lideranças políticas. 

O evento foi prestigiado ainda pelo secretário de Estado da Comunicação Institucional, Nonato Bandeira; pelo coordenador do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Seridó e Curimataú (Procase), Aristeu Chaves; pelo secretário de Estado da Cultura (Secult), Damião Cavalcanti; pela professora Janete Lins, curadora do Programa do Artesanato Paraibano, entre outros auxiliares do Governo do Estado.

Reconhecimento - Entre os artesãos que compareceram à solenidade de lançamento da Agenda 2022 o sentimento era o de reconhecimento por tanta dedicação ao artesanato paraibano.

Rosângela da Rocha Pedro se dedica há quase 20 anos ao patchwork e não escondeu o sentimento de felicidade pela homenagem. "É sempre uma emoção, com muita gratidão pelo reconhecimento do trabalho da gente. Nós trabalhamos com o coração e, quando recebemos uma homenagem como esta, ficamos muito felizes", contou.

Pela tipologia escamas, conchas e mariscos, foi a artesã Lia Caju. "Além de divulgação, é contar um pouco da minha história, da qual tenho muito orgulho. Então, o sentimento de felicidade, de consciência da nossa importância para o artesanato deste Estado que adotei", disse.

Pela tipologia brinquedos populares, um dos homenageados foi Enoque Bernardo da Silva. "Recebo essa homenagem com muito prazer, com muita dedicação. Essa iniciativa do governador João Azevêdo é mais uma entre tantas que beneficiaram a gente", concluiu. 

Os artesãos e artesãs homenageados pela Agenda 2022 do Governo do Estado são: Maria José do Nascimento (em memória), Gilma Pereira de Oliveira, Djalma Domingos Júnior, Antônio Roberto da Paixão, José Félix dos Santos, Joseane Izidro da Silva, Lia Caju Souto Maior de Oliveira Lima, Teresa Cristina Júlio, Anilza Maria da Conceição Barbosa, Joaquim David da Silva Neto, Rosicler Maria Fontana, João de Deus Cavalcante, Humberto Heleno da Silva, Francisco de Sales Barros, Maria de Lourdes Diniz da Silva, Carlos Henrique da Cunha Vieira de Melo, Lamarck de Menezes Nunes, Antônia Ribeiro de Mendonça, Terezinha Matias Cristóvão, Rita Fernandes da Silva, Antônia do Nascimento Marinho, Ana Glória dos Santos Costa, Meriland Filgueira de Araújo, Odaísa Aires da Silva, Rosângela da Rocha Pedro, Creosvalda Silva,

Marlene Leopoldino Vital, Fátima Suelene Cavalcante de Oliveira, Maria Regina Gomes, Maria Aparecida Silva Souza, Maria José Ferreira Raposo, Maria Lourdes de Souza, Maria José Rodrigues Pereira, Maria das Neves Paiva, Rita Maria da Conceição Ferreira, Iza Maria Brito, Maria Lúcia de Oliveira Brito, Julieta de Lourdes Estevão Lopes, Maria da Conceição Emiliano, Francisco Ribeiro Viana, Enoque Bernardo da Silva, Núbia Cristina da Costa Alírio, Antônio Felismino de Sousa, Josileide dos Santos Lima, José Carlos de Castro, João Avelino da Silva, Roberval Caroca do Nascimento, Ivania Moita Sá Barreto, Francisca Elita de Morais, Maria Alzinete Lopes Barbosa (em memória), Maria Alzinete Lopes Barbosa e Carmen Lucia de Lira Ferreira.

Fotos: Francisco França
 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads
header ads